Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triângulo Tricotado

Triângulo Tricotado

Limpeza ecológica

Vários estudo indicam que o ar que respiramos em casa não é o melhor do mundo.

Basta fazer uma pesquisa rápida e temos acesso a vários estudos que o compravam.

Os detergentes que normalmente usamos também ajudam à "festa", contêm frequentemente substâncias poluentes, tais como: fósforo, nitrogénio e amoníaco.

Depois de  passarem pela nossa casa, seguem a sua vida, esgoto abaixo contaminando tudo o que lhes aparece à frente: água, plantas, animais.

No final do ano passado dei-me conta a quantidade insana de detergentes que tinha em casa:

- detergente para a roupa,

- amaciador para a roupa,

-detergente para a loiça,

- detergente para a cozinha anti-gorduras,

- detergente para a casa de banho,

- detergente para a sanita,

- detergente para os vidros,

- detergente para o chão,

- pastilhas para a máquina de lavar loiça,

- lixivia.

Resolvi parar e começar do zero.

Terminei os detergentes que ainda tinha em casa e iniciei uma nova fase.

Em vez de ter prateleiras cheias de embalagens, tenho agora plantas que ocupam esse espaço.

Afinal com que é que eu limpo a casa? O que é que não pode faltar em minha casa?

- Bicabornato de sódio,

- Vinagre,

- Sumo e cascas de limão,

- Sabão de Marselha (ou outro sabão vegetal).

- óleos essenciais (opcional).

- recipientes vários para colocar os detergentes.

IMG_20200103_165129.jpg

Para lavar a roupa, a loiça, a casa de banho e o chão uso sobretudo um detergente que eu própria faço à base do sabão de marselha. Para a roupa branca adiciono ao detergente um pouco de bicabornato de sódio.

Já experimentei outras alternativas e é possível que de vez em quando volte a elas: nozes de saponária para a roupa e detergente sólido para loiça.

Para os vidros uso um detergente que faço à base de vinagre e para sítios especiais como a sanita uso uma combinação de vinagre e bicabornato e/ou limão e vinagre que também fazem uma combinação maravilhosa!

Já não volto atrás!

Para além de todas as vantagens ecológicas, existe a vantagem do tempo, do dinheiro e da comodidade. Não ter o caixote da reciclagem cheio até acima todas as semanas dá-me uma paz de espirito que nem vos conto.

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.